Para os parasitas do sistema

22 de Julho de 2011 Miguel Angelo Letras de Música 133

Ela dizia como não dizia
Eles sabiam o que diziam
Tudo um monte de merda
Porém,quem liga?

As passos são passados e se segue a vida cronológicamente faltavam algumas "coisas" e eu sabia

O saber
Teoricamente uma mentira
E...........

Poucas palavras restam
Todos sabiam,eis a verdade
O que eu podia saber agora?
Acordar,deitar,fumar e foder,me indagar:
"O que lixo faço?"

São os filosófos parasitas do sistema ( e podera né?)
Mas vamos lá
A humanidade nunca me provará que pode chegar a um nível tão extremente defasado assim
Tô de rolê para a Africa

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Grande Amor" há menos de 1 hora

Sabes do sol que brilha lá no céu? Sabes dos ventos, cá na terra, vento...
joaodasneves Poesias 4


Minha essência é a eternidade. há 10 horas

Manhã cinza dia tão estranho e ruim, Paira no ar uma sensação de fraca...
elisergio Sonetos 6


LAMPEJOS há 10 horas

LAMPEJOS Eu pouco a pouco volto à realidade. Ao acordar, lamento antes...
ricardoc Sonetos 7


Deixe Esse Amor Crescer há 1 dia

Deixe esse amor crescer... Ele está brotando em um coração árido. De...
a_j_cardiais Sonetos 37


Ás palavras não são mais meu legado. há 1 dia

Fiz-me silenciar por que te perdi! Tu me revogara a licença concedida, D...
elisergio Sonetos 8


Não há o que comemorar. há 1 dia

Não há de fato o que comemorar! A virgem do sertão não é independente...
elisergio Sonetos 7