Para os parasitas do sistema

22 de Julho de 2011 Miguel Angelo Letras de Música 151

Ela dizia como não dizia
Eles sabiam o que diziam
Tudo um monte de merda
Porém,quem liga?

As passos são passados e se segue a vida cronológicamente faltavam algumas "coisas" e eu sabia

O saber
Teoricamente uma mentira
E...........

Poucas palavras restam
Todos sabiam,eis a verdade
O que eu podia saber agora?
Acordar,deitar,fumar e foder,me indagar:
"O que lixo faço?"

São os filosófos parasitas do sistema ( e podera né?)
Mas vamos lá
A humanidade nunca me provará que pode chegar a um nível tão extremente defasado assim
Tô de rolê para a Africa

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
O ESQUELETO DE PINGUIM - O Homem do Saco e Outros há 3 horas

O ESQUELETO DE PINGUIM - O Homem do Saco e outros Contos -- "Hoje eu vi ...
ricardoc Crônicas 6


"Que bonita mulher" há 7 horas

A luz do teu olhar, a boniteza da tua face, o brilho do teu sorriso, ...
joaodasneves Homenagens 8


À LUZ DE LAMPIÕES há 7 horas

À LUZ DE LAMPIÕES (rondó) E se, por uma rua escura, Luzindo em minha...
ricardoc Poesias 7


Pelo Espírito há 13 horas

Nada do que Jesus cita no Sermão do Monte nos capítulos 5 a 7 do evangelh...
kuryos Acrósticos 6


A Linha da Vida há 15 horas

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 33


Obedecendo o Vento há 1 dia

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 43