A Importância das Promessas Divinas

08 de Julho de 2014 Silvio Dutra Mensagens 460

?id=855956&maxw=495&maxh=660

As promessas que Deus tem feito são o especial tesouro dos cristãos. A substância da herança da fé reside nelas. Todas as promessas de Deus da Nova Aliança são nossas para as possuirmos e guardá-las, como nossa possessão pessoal. As recebemos e as conservamos pela fé e se convertem em nossa verdadeira riqueza. Na atualidade podemos gozar de certas coisas que são preciosas, porém o capital de nossa riqueza, a maior parte de nosso patrimônio é o que se encontra na promessa do nosso Deus. Aquilo de que dispomos no presente não é mais do que uma pequeníssima parte do incomensurável pagamento da graça que receberemos no momento oportuno. O Senhor nos dá na atualidade, por meio de sua graça, todas as coisas que necessitamos para esta vida e para viver com santidade, porém suas mais preciosas bênçãos são as que tem reservado para os tempos vindouros. A graça que recebemos dias atrás é uma riqueza para nossos gastos no caminho para o céu, porém não é nosso patrimônio eterno. O que se supre de maneira providencial são as provisões para a viagem, porém ainda não chegamos ás Bodas do Cordeiro. Pode ser que os ladrões nos roubem o que temos, porém nosso tesouro especial está depositado com Cristo em Deus sem que haja qualquer possibilidade de perdê-lo. A mão que sangrou para fazer nosso este tesouro o está guardando para nós. É uma grande alegria nos sentirmos plenamente seguros de nosso interesse nas promessas, porém é possível perder este sentimento de gozo e pode ser que seja difícil recuperá-lo, porém a herança eterna será igualmente nossa. Nossa possessão mais importante não é o conforto ou a confiança que temos na promessa, senão a própria promessa, e a gloriosa herança que esta nos assegura. Nossa herança não se encontra deste lado do Jordão. A cidade de nossa habitação não se encontra dentro das fronteiras do presente. Nós a vemos de longe, porém temos que esperar para desfrutá-la até que chegue o dia quando o Cabeça do pacto se manifestará em Sua glória e todo o seu povo juntamente com Ele, na sua segunda vinda. xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxA Bíblia não foi produzida pela inspiração do Espírito Santo de Deus com o mero propósito de narrar a história da redenção, mas revelar a nossa necessidade de redenção do pecado, como também o modo de obtê-la. Por esta revelação somos alertados quanto ao perigo de permanecer na condição de não sermos justificados do pecado, pois se há um futuro de glória esperando pelos redimidos pela fé em Cristo, há um destino horrível aguardando por todos os que não forem redimidos. A revelação foi feita por Deus através da história de Israel no período do Velho Testamento, porque Ele falava por meio desta nação no citado período.Veja tudo sobre as Escrituras do Velho Testamento no seguinte link://livrosbiblia.blogspot.com.br/Como a redenção é operada exclusivamente por meio de Jesus Cristo, de quem as Escrituras do Velho Testamento dão testemunho, então, quando Ele se manifestou há cerca de 2.000 anos atrás, não somente a redenção começou a alcançar todas as nações da Terra, bem como o seu testemunho passou a ser dado não mais pela nação de Israel, mas através da Igreja, conforme se vê no Novo Testamento.Veja tudo sobre as Escrituras do Novo Testamento no seguinte link://livrono.blogspot.com.br/A Igreja tem testemunhado a redenção de Cristo juntamente com o Espírito Santo nestes 2.000 anos de Cristianismo.Veja várias mensagens sobre este testemunho nos seguintes links://retornoevangelho.blogspot.com.br///poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/A Bíblia também revela as condições do tempo do fim quando Cristo inaugurará o Seu reino eterno de justiça ao retornar à Terra. Com isto se dará cumprimento ao propósito final relativo à nossa redenção.Veja a apresentação destas condições no seguinte link://aguardandovj.blogspot.com.br/ 


Leia também
"A decadência" há 2 horas

Numa decadência sem fim. não paro de cair. Esta tudo muito escuro aqui,...
joaodasneves Poesias 7


"A Parede" há 2 horas

Esta parede que nos separa Tem que cair, assim falaremos de ti de mim Olh...
joaodasneves Pensamentos 5


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P4 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P3 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P2 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P1 há 12 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 6