Por Jonathan Edwards Deus é a fonte do amor como o sol é a fonte de luz. E, portanto, a gloriosa presença de Deus no céu enche o céu com amor, como o sol no meio do céu visível em um dia claro, enche o mundo de luz. O apóstolo nos diz que "Deus é amor"; e, portanto, vendo que ele é um ser infinito, segue-se que ele é uma fonte completa e transbordante, e inexaurível de amor. E vendo como Ele é um ser imutável e eterno, ele é uma fonte imutável e eterna de amor. No céu (onde breve estaremos) habita o Deus do qual toda corrente de amor santo, sim, cada gota que existe e sempre existirá, flui sem interrupção. Onde habita o Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, unidos em um único, infinitamente desejável, e incompreensível amor mútuo e eterno. E esta gloriosa fonte sempre flui em córregos, sim, em rios de amor e prazer, e esses rios enchem, por assim dizer, um oceano de amor, em que as almas dos resgatados podem banhar-se com o gozo mais doce, e seus corações, por assim dizer, são inundados com o amor que a Trindade desfruta desde toda a eternidade! 

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Veja tudo sobre as Escrituras do Velho Testamento no seguinte link:http://livrosbiblia.blogspot.com.br/Veja tudo sobre as Escrituras do Novo Testamento no seguinte link:http://livrono.blogspot.com.br/A Igreja tem testemunhado a redenção de Cristo juntamente com o Espírito Santo nestes 2.000 anos de Cristianismo.Veja várias mensagens sobre este testemunho nos seguintes links:http://retornoevangelho.blogspot.com.br/http://poesiasdoevangelho.blogspot.com.br/A Bíblia também revela as condições do tempo do fim quando Cristo inaugurará o Seu reino eterno de justiça ao retornar à Terra. Com isto se dará cumprimento ao propósito final relativo à nossa redenção.Veja a apresentação destas condições no seguinte link:http://aguardandovj.blogspot.com.br/