João 1:16 Porque todos nós temos recebido da sua plenitude e graça sobre graça.
João 1:17 Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus
Cristo”

Através de Moisés foi feita uma aliança, ou seja, um pacto, onde a bênção divina estava condicionada às obras, ou seja, ao que os homens pudessem cumprir da Lei que lhes fora dada por Deus, por meio de Moisés.
Na graça, ou seja, na nova aliança que foi feita através de Jesus Cristo, com aqueles que têm fé nEle, tudo é feito por pura misericórdia, e concedido por graça, exclusivamente por meio da fé.
Deus então, aprovaria agora o pecado, ou não se importa com o fato de pecarmos, já que a base do novo pacto é graça e misericórdia?
Não.
Não é isto que significa a graça imerecida, porque Ele sempre odiará o pecado, mas decidiu usar neste período chamado de dispensação da graça, de longanimidade para com todos.
Além disso, pode usar de misericórdia perdoadora para com todos os que crerem em Jesus, porque Ele fez tudo o que era necessário para que a dívida de seus pecados fosse paga, e para que pudessem ser aceitos por Deus como Seus filhos amados, numa aliança de graça que durará para sempre, independentemente de qualquer transgressão que eles possam vir a cometer.
Deus os corrigirá como um Pai corrige a seus filhos, mas jamais os lançara fora ou os abandonará.
Assim, apesar de Deus continuar detestando qualquer pecado que seja praticado, no entanto, Ele usa deste imenso favor imerecido, chamado graça, que Ele nos dá, por causa de Jesus Cristo, independentemente de sermos pecadores.
Porque a Sua morte na cruz carregando os nossos pecados, satisfez completamente à justiça divina, que determina a morte espiritual eterna para todo aquele que não tiver a sua dívida de pecados quitada.
Como foi nosso Senhor Jesus Cristo que pagou completamente esta dívida, ninguém pode ser absolvido da condenação, caso não esteja ligado a Ele pela fé.
Ninguém poderá ser perdoado permanecendo na condição de inimigo de Jesus. E isto é algo óbvio.
Por isso a graça é somente eficaz na vida daqueles que o amam e que guardam os seus mandamentos.
E esta obediência se comprova por uma verdadeira busca de santificação de nossas vidas.
Porque aquele que não quiser ser santo, jamais se aproximará da luz de Jesus para ser purificado de todos os seus pecados.