Quantas graças
devemos dar a Deus,
por ser Ele
a nossa fortaleza,
especialmente
quando nos sentimos abatidos,
angustiados, enfraquecidos.

Pois pela fé nEle
cumprem-se as Suas promessas
de ser a nossa força na angústia.

O rei Davi
e muitos outros servos de Deus
do passado
experimentaram esta verdade.

Sempre que buscamos
socorro no Senhor,
quando sabemos
que Ele é o nosso refúgio,
o castelo forte, a fortaleza segura,
impenetrável e inexpugnável,
onde nenhum mal
pode nos alcançar e subjugar,
podemos estar certos
de que Ele fortificará
o nosso coração
porque será
como uma cidade de refúgio
ao nosso redor,
onde não há qualquer temor,
incerteza ou dor.

Por acaso não está escrito:
“Deus é o nosso refúgio
e fortaleza,
socorro bem presente
nas tribulações”.
Não se entregue portanto
a qualquer abatimento
que possa estar sentindo agora.

Não busque força em si mesmo.
Olhe para o alto.
Olhe para os altos montes celestiais
de onde lhe virá o socorro divino.

Deus é fiel no que tem prometido
e certamente o fará.