Tardio em se Irar Como Nenhum Outro

11 de Novembro de 2012 Silvio Dutra Mensagens 861

Quando se diz que o tempo da paciência de Deus, da Sua longanimidade, que é o período da dispensação da graça, terminará com a volta do Senhor Jesus Cristo para julgar o mundo, isto não significa que Deus deixará de ser longânimo.
Isto é impossível, porque ser longânimo faz parte da sua essência e natureza divina.
Ele disse a Moisés que é tardio em se irar, quando revelou a Sua glória a ele.
Tardio em se irar é o equivalente do Velho Testamento para longânimo no Novo.
Inclusive o Senhor mostrou de modo prático, que é longânimo mesmo no período anterior à dispensação da graça, ou seja, no Velho Testamento.
Ele disse a Abraão que visitaria a iniquidade dos amorreus somente quatrocentos anos depois.
E por que isto?
Porque estava sendo longânimo para com eles, ou seja, estava retardando a sua ira.
Desta forma, deveríamos refletir melhor, quando afirmamos que toda vez que Deus vê o pecado sendo praticado, que a sua ira logo se acende, e que ela não se manifesta porque é contida pela Sua misericórdia.
A razão dessa reflexão recomendada reside no argumento de que como poderia Deus se irar tão rápida e continuamente, uma vez que revelou de forma tão clara em sua palavra que Ele é de fato tardio para se irar?
Sua natureza é de puríssimo domínio próprio, mansidão e calma tranquilidade.
Ele se entristece e se aborrece com a prática do mal.
Mas a sua ira se manifesta somente depois de ter aguardado muito tempo pelo arrependimento.
Veja que no caso da nação de Israel, depois de ter falado a Moisés, cerca de 1.440 a.C., que os mandaria para o cativeiro caso permanecessem transgredindo os seus mandamentos, porque ficaria irado com eles, isto somente ocorreu, respectivamente em 722 a.C., e em 586 a.C, ou seja, cerca de 700 anos depois.
Do mesmo modo tem retido a Sua ira, para um mundo sempre amadurecido para os Seus juízos, há mais de dois milênios, desde que Jesus se manifestou em carne para nos redimir do pecado.
A quem compararemos o Deus da Bíblia?
Quem é longânimo, tardio em se irar, como Ele?
Abusar dessa longanimidade maravilhosa e terna somente agrava o juízo.
Porque é por ela, é pelo que Deus é em sua natureza terna e mansa, que não somos destruídos.
Suas misericórdias não têm fim e se renovam a cada manhã.

“Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” (Mt 11:29)


Leia também
Circunstâncias há 5 horas

Não quero me perder, procurando a perfeição... Ser perfeito em quê? ...
a_j_cardiais Sonetos 30


"A maldade" há 16 horas

De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar No meu interior me a...
joaodasneves Poesias 7


"Não sei" há 1 dia

Hoje tenho vontade de rir Mas também tenho vontade de chorar Ja nem sei ...
joaodasneves Pensamentos 5


Domínio do Pecado ou da Graça há 2 dias

Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que J...
kuryos Mensagens 16


Ventinho Delicado há 2 dias

Uma mulher passa com seu rebolado... Um ventinho delicado faz seu vestid...
a_j_cardiais Poesias 48


Mortos Vivos, Vivos Mortos há 2 dias

O que é viver? Tem gente que tem tudo, e não se sente feliz... Fica as...
a_j_cardiais Poesias 47