Sobre o infinito momento de ser

30 de Outubro de 2013 Pr CJJacinto Mensagens 390

A essência do que é verdadeiro, não se dissipa com as coisas superficiais. As estrelas estão sempre firmes no céu, As montanhas fixas na terra, e o mar insiste em permanecer cheio e quase infinito aos nossos olhos. Mesmo as coisas mais perenes como as flores, insistem a sua existencia, pelas sementes que o vento leva. Assim o homem, aprende, que pelo caminho do amor, mesmo havendo noites, não cessa o brilho do nosso afeto, de dificil escalada, o amor é conquistado por uma perseverança, e tão quase infinito como o mar, o amor sempre se multiplica, quando é compratilhado, nunca se acaba quando é verdadeiro, e sempre ilumina quando não adoece, pelo egoismo de um coração sem sensibilidade

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Amor de Primavera há menos de 1 hora

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 31


CICATRIZES há 5 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 4


" Amar é" há 16 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 9


PAU DE FITAS há 20 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 1 dia

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 45


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 1 dia

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8