• O coração é a casa da saudade, um lugar imenso que existe dentro de nós. Onde vivem em forma de lembranças, todas aquelas pessoas que uma vez fizeram parte de nosso momentos da vida.  A saudade faz com que esses momentos sejam especiais. Outrora, era um simples momento de convivência com alguém que se amou tanto. Mas uma partida, e eles se foram da nossa vida, e agora só La dentro do coração ainda conseguem sobreviver através de doces lembranças que marcaram a nossa vida. É incrível, porque só a saudade nos faz pensar, que deveríamos ter amado mais, buscado conviver mais, ter abraçado mais, passar mais tempo
    com  aqueles que se foram. Agora resta apenas a lembrança deles no coração, como que ele se tornasse o palco de nossas lembranças, a casa onde vai morar durante toda essa vida, a saudade que nunca quer ir embora. Ela fica, como uma sombra produzida pelas lembranças maravilhosas que ficaram guardadas no mundo do coração, que só vem a tona quando algo já se foi. É incrível, como podemos suportar tal dor, e como conseguimos suportar o aperto de uma saudade. Mas essa é a vida. O coração é um dispositivo maravilhoso na vida do homem sensível. É de fato, um tesouro, para se guardar tantos momentos tão bons que as pessoas especiais podem nos dar. Assim prosseguimos hoje nosso coração é a casa da saudade, o lugar onde as pessoas
    especiais que se foram ainda ficam morando. Um dia também iremos partir, e o coração dos outros serão moradas, nossas moradas. Os mistérios da vida se consumam nesse sentido. A perda de um ente querido é inevitável nessa vida,  há porém um lugarzinho no coração,
    onde pra sempre, aqueles que tanto amamos, podem ficar para sempre.

Clavio Juvenal Jacinto