Quando o escritor resolve escrever expõe o que de mais belo ou não existe em seu pensamento...
fala de amores e desamores
de contos fantásticos ou de terrores
fala até mesmo de sua vida
conta o que é o seu dia-a-dia, como que seus textos na verdade fosse um diário de bordo
para navegar nas imensidões de seus pensamentos...
as vezes não reprime o que escreve
permite o que é dito de seus leitores até absorvendo para agregar ao que ele escreve melhorando a cada dia....
mas as vezes pode ser mal interpretado e até julgado pelo o que escreveu
pena que nada ele pode fazer se não aprender que nem tudo que ele escreve agrada a todos.