A Graça Lhe Bastou

12 de Outubro de 2012 Silvio Dutra Orações 558

Conheço um homem em Cristo,
cujo espinho na carne,
tal como Paulo,
foi um mensageiro de Satanás,
enviado do inferno
para atormentá-lo.
durante o período de tratamento
de um câncer de cólon,
que resultou na extirpação
de cerca de 65 cm do seu intestino.

Por alguns meses,
o mesmo ficou sujeitado
a grande hemorragia,
e sofrimento,
que resultou
numa anemia profunda
e perda de mais de 16 quilos
em menos de três meses.

Como o tumor atingiu
cerca de 10 cm de diâmetro,
era-lhe muito dificultoso
o ato de se alimentar.

O tal homem
pôde constatar
que a grande provação que tivera,
não foi a enfermidade
propriamente dita,
mas as fortes insinuações
do diabo
de que Deus não o amava,
e que lhe havia deixado desamparado,
sem ter sequer
um hospital onde fosse internado.

Se Deus o amava,
e se ele era de fato
um crente em Jesus,
como poderia estar passando
por tal situação?

Era a insinuação do diabo.

Todavia, durante todo o período
em que estivera acamado
em razão da enfermidade,
nunca lhe faltara a paz
e alegria da presença de Deus,
e este foi o seu maior
e melhor argumento
para rechaçar a mentira do Inimigo
que lhe dizia que fora inútil
ter dedicado
a maior parte da sua vida
ao serviço de Deus.


Deus me curou de um infarto do miocárdio, e de um câncer, para continuar pregando e ensinando o evangelho, o que venho fazendo há 35 anos.

Pr Silvio Dutra





VERSÃO PESSOAL:


Meu espinho na carne,
tal como Paulo,
foi um mensageiro de Satanás,
enviado do inferno
para atormentar-me,
durante o período de tratamento
de um câncer de cólon,
que resultou na extirpação
de cerca de 65 cm do meu intestino.

Por alguns meses,
fiquei com grande hemorragia,
e sofrimento, que resultou
numa anemia profunda
e perda de mais de 16 quilos
em menos de três meses.

Como o tumor atingiu
cerca de 10 cm de diâmetro,
era-me muito dificultoso
o ato de se alimentar.

Mas a minha grande provação,
não foi a enfermidade
propriamente dita,
mas as fortes insinuações
do diabo
de que Deus não me amava,
e que me havia deixado desamparado,
sem ter sequer
um hospital onde fosse internado.

Se Deus me amava,
e se de fato eu fosse
um crente em Jesus,
como poderia estar passando
por tal situação?

Era a insinuação do diabo.

Todavia, durante todo o período
em que estivera acamado
em razão da enfermidade,
nunca me faltou a paz
e alegria da presença de Deus,
e este foi o meu maior
e melhor argumento
para rechaçar a mentira do Inimigo
que m dizia que fora inútil
ter dedicado
a maior parte da minha vida
ao serviço de Deus.

Quantas vezes eu dizia
à minha esposa,
em meio a louvores
de gratidão ao Senhor:
Estou inexplicavelmente feliz,
e isto durante o longo período
da minha enfermidade.

A presença e o poder do Senhor
sempre opera isto,
em todos os que nele confiam e esperam.



Deus me curou de um infarto do miocárdio, e de um câncer, para continuar pregando e ensinando o evangelho, o que venho fazendo há 35 anos.

Pr Silvio Dutra


Leia também
Bendito Amor Eterno há 19 horas

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 11


"Vendo" há 21 horas

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 7


"Te amo vinho tinto" há 23 horas

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 9


Gradeados há 23 horas

O céu está logo ali, depois dessa janela enjaulada... Meu amor é qua...
a_j_cardiais Poesias 50


Vida Artística há 23 horas

Não quero viver ao Deus dará... Sei que aqui, em se plantando tudo dá....
a_j_cardiais Poesias 41


"Eu sou boémio" há 1 dia

Eu em criança já era rebelde e um pouco vadio. Usufruía da noite, mesm...
joaodasneves Acrósticos 5