Senhor me perdoe por eu ser , um ser tao grande e te me tornado uma pessoa tao pequena. Me perdoe por saber o que e certo e errado e ser conivente apenas com o que me convém. Me perdoe por ser fraca diante dos obstáculos que eu mesma provoquei e covardemente culpar o mundo me tornando vitima dos próprios absurdos que eu mesma criei.
Senhor me perdoe por toda dor que me causei , todas as feridas que ainda não cicatrizei e culpar as pessoas na qual nem eu sei se são doentes ou estão tao doentes quanto eu ao me julgar superior diante da tamanha dor que por menor deve ser diante de qualquer ser que possa estar mais ferida do que eu.
Senhor me perdoe por não dar o valor merecido a vida e ainda me sentir digna do amor , do teu amor , sendo que o amor que eu retrato não seja verdadeiro de fato se não consigo amar a vida na qual tu me concedeu.
Senhor me perdoe eu suplico , mil vezes eu repito me perdoe meu criador , por me desviar dos teus caminhos , fraquejar diante do teu maior inimigo e nunca ter derramado um só pingo de lagrimas dos olhos meus ao lembrar naturalmente que morrestes por toda a gente ao chorar por coisas tao insignificantes , sofrer por coisas irrelevante acreditando que sou a pior ou a melhor entre todos quando na verdade sou apenas uma mortal a espera do juízo final.