Perdao

06 de Outubro de 2013 monica larysse Orações 500

Senhor me perdoe por eu ser , um ser tao grande e te me tornado uma pessoa tao pequena. Me perdoe por saber o que e certo e errado e ser conivente apenas com o que me convém. Me perdoe por ser fraca diante dos obstáculos que eu mesma provoquei e covardemente culpar o mundo me tornando vitima dos próprios absurdos que eu mesma criei.
Senhor me perdoe por toda dor que me causei , todas as feridas que ainda não cicatrizei e culpar as pessoas na qual nem eu sei se são doentes ou estão tao doentes quanto eu ao me julgar superior diante da tamanha dor que por menor deve ser diante de qualquer ser que possa estar mais ferida do que eu.
Senhor me perdoe por não dar o valor merecido a vida e ainda me sentir digna do amor , do teu amor , sendo que o amor que eu retrato não seja verdadeiro de fato se não consigo amar a vida na qual tu me concedeu.
Senhor me perdoe eu suplico , mil vezes eu repito me perdoe meu criador , por me desviar dos teus caminhos , fraquejar diante do teu maior inimigo e nunca ter derramado um só pingo de lagrimas dos olhos meus ao lembrar naturalmente que morrestes por toda a gente ao chorar por coisas tao insignificantes , sofrer por coisas irrelevante acreditando que sou a pior ou a melhor entre todos quando na verdade sou apenas uma mortal a espera do juízo final.


Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 13


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 11


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 14


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 12


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11