Para Usar de Misericórdia com Todos

03 de Junho de 2014 Silvio Dutra Orações 373

      Deus é santo e em tudo é perfeito.Por que teria então planejado restaurar pessoas que Ele criou e que se tornaram não apenas imperfeitas, como também completamente ignorantes de quem Ele seja?Ninguém pode ter todas as respostas para os motivos de Deus nisto, mas é possível inferir alguns dos Seus propósitos pelo que Ele revelou a nós na Bíblia, e que se comprova através da nossa experiência de fé e comunhão com Ele.A primeira e principal delas é a grandeza do Seu amor. A segunda, a grandeza da Sua misericórdia.Mas afinal, o que são o amor e a misericórdia de Deus?Não são meros sentimentos de empatia e compaixão por seres que se tornaram de nenhum valor para Ele, e que viviam somente para os seus próprios prazeres egoístas, indiferentes à Pessoa e vontade de Deus, agindo como seus inimigos.A extensão disto não pode ser avaliada adequadamente por nenhum de nós, senão somente pelo próprio Senhor, cujo julgamento e conhecimento do real estado do nosso coração  são perfeitos.Contudo, podemos deduzir por nossos sentimentos, imaginações, pensamentos e ações, pelo quanto estamos longe da santidade, bondade, amor, misericórdia, justiça e todos os demais atributos infinitos e perfeitos de Deus, o quão distante estamos de ser aquilo que Ele é em Sua própria natureza.Então porque nos salvou e está restaurando por meio da graça de Jesus?Certamente para exibir o Seu grande amor e a Sua grande misericórdia, porque poderia ter feito conosco, o que fez em relação aos anjos eleitos, os quais, não permitiu que conhecessem o pecado, pela plena concessão de Sua graça a eles, de maneira que não viessem a cair, tal como caíram, e deveriam cair os anjos não eleitos, porque jamais se firmariam na perfeita obediência, amor e adoração ao Senhor.Mas tendo encerrado a todos debaixo da desobediência, revelou qual era o Seu propósito de usar de misericórdia com todos (Rom 11.32), demonstrou fartamente tanto a anjos quanto a homens o quanto é um Deus misericordioso.Ele demonstrou com isto que não é bom somente para com aqueles que são perfeitos como Ele, mas para com todos os que desejam obedecer-Lhe, fazer Sua vontade e viver para Ele.Pôde assim comprovar para os anjos eleitos que o motivo de ter sujeitado a um juízo eterno os anjos não eleitos não foi por terem errado simplesmente, mas porque não desejavam estar debaixo da Sua autoridade, vivendo para Ele em amor.De igual modo, é pelo mesmo motivo que tem sujeitado os homens que resistem à Sua vontade, a uma condenação eterna.


Leia também
A Morte Em Cartaz, Cap 1 há menos de 1 hora

Prólogo Periferia de Atlanta, Quinta-feira, 23hrs:17min Marion re...
lordemoura Acrósticos 4


Sociedade Desalmada há 1 hora

Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta...
a_j_cardiais Poesias 25


LUSO-BRASILEIRO - Des-História Universal há 4 horas

LUSO-BRASILEIRO Assim como a cor d'olho não colore Aquilo que se tem ...
ricardoc Sonetos 6


Uma Tal Pedra há 21 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 24


Mundo da Gataria há 21 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 45


A história do amor há 22 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 35