E vem aquela vontade de morrer.Não é vontade de
sumir,mas vontade de morrer.Morrer mesmo,sem volta,sem ficar vagando por
aí…Morrer sem pensar no que pode acontecer aqui,em quem fica…Só ir e
não voltar.Estou a menos de um passo pra isso.E não posso mais ser
salva.Meu coração dói como se estivesse sido atingido por um tiro de
canhão.Minha cabeça lateja como 7 mil bombas atômicas.Meus pulsos gritam
para serem abertos.Minha alma suplica para que seja finalmente liberta.