Loucura

09 de Setembro de 2011 Gisela Cardoso Pensamentos 661

Se entregue a loucura. Alguns seres se entregam à loucura. Mas para qual objetivo? Não há objetivos. Se houvesse objetivos não seria loucura. Há vários tipos de loucuras. Comentemos algumas.
A loucura do amor, a mais comum. O amor cega, machuca, alegra, entristesse, fornece todos os sentimentos possíveis. São todos sentimentos que acabam provocando a loucura. A loucura do amor mata, machuca e causa sofrimento. Ás vezes. A loucura do amor está ligada a confiança? Quem sabe, ela não pode ser apenas maligna...
A loucura do medo que apavora que também cega, procura uma fuga dessa loucura sufocante. Sanatórios a parte. Pânico, respiração curta, batimentos fortes, suor frio, o que mais essa loucura pode provocar? E quem disse que somente essa loucura provoca tudo isso? A loucura do amor também provoca? Apenas quem experimenta pode responder.
Analistas, mestres analistas que procuram entender a loucura alheia. Loucura é doença? Doença mental? Doença que corrói o espiríto?
Mas, como diz o mestre Millôr Fernandes: "A única diferença entre a loucura e a saúde mental é que a primeira é muito mais comum". Reflitemos.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
PLEONÁSTICO n°2 há 17 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 19 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 5


A rua me aceita como sou há 21 horas

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 56


Não seja superficial há 22 horas

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 71


"Dia do amor" há 1 dia

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 13


"Estou triste" há 1 dia

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 14