Ser “bem sucedido” é ser feliz.
Isso ninguém diz.
Não adianta ser um “doutor”,
e exercer uma profissão
sem nenhum amor.

A.J. Cardiais
03/10/2012