Nada.

15 de Setembro de 2014 Lorrana Pensamentos 380

Eu acho tamanha graça em textos fantasiosos e falaciosos
A maioria são referências, a tudo nessa vida
Mas especialmente dedico este a nada e a ninguém
Não reclamo sobre a situação do meu país
Não falo feminismos
Eu só queria mesmo falar que eu não quero falar muita coisa não
Na verdade só dizer que a gente nem precisa de muito pão
(ou essa rima barata)
Só queria dizer, meu amigo, que a vida é boa ás vezes, mas também sabe ser cruel
Tenho aprendido muita coisa não aprendendo nada
Acho que me sinto bem em não querer saber de mais nada
E me deixe com um vintém, uma garrafa de café e um bom papo
Que de resto a o mundo trata.


Leia também
Lembra? há 3 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 3 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 3 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 13


Fluxo do tempo. há 3 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 16


Sou há 3 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 16


Ame...! há 3 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 13