Não me subestime se eu disser que de argumentos ganho de muitas coisas que são faladas.Não me subestime quando digo que não tenho nenhum sentimento por você, ou até mesmo se digo que tenho.Continue com sua erva que te fará melhor do que eu fiz.Continue mostrando aos outros sua “memória longa” e suas tentativas incansáveis, porém desgastadas com o tempo. Elas não lhe trarão nada além de piedade e tormentos para uma vida inteira.Supra suas necessidades de forma absoluta, seus prazeres... Mas com a certeza de que serão cobrados centavo por centavo, gastos ou não gastos.Sinto sua imagem sendo descartada ao mundo de maneira tenebrosa e não tão transparente.Dizer é o ato de proferir, contar, denotar, mas você sabe, eu sou perfeito quando conoto algo do tipo “prefiero un mundo a un pedazo de souvenir”. O mundo traz-me o ensinamento necessário para que todas as coisas que venho a proferir façam sentido suficiente para as pessoas que estão a minha volta. Manipulo-as?A manipulação é uma forma “baixa” de conseguir algo, no entanto quem não gosta de uma manipulação bem organizada? Esconda-se bastante até que alguém te ache. Mas mesmo assim, lute para que ninguém consiga. Ah! E se caso eu lhe achar primeiro, não fique assustada. Foi porque eu consegui ser mais esperto e desculpa, mais uma vez. (risos)Terás tempo que irás me encontrar, outros tempos nem adiantará revirar meu baú – nem o seu –, nem mesmo o de memórias. Elas ficarão secas, esturricadas com o mesmo tempo que você me fez te esperar, esperar, esperar...


http://momentuns.blogspot.com/2008/08/tempos-e-tempos.html