Tem pessoas que se apóiam em coisas passageiras, na areia que se vai com a água do mar, no vento que passa sem deixar rastros, no lápis que pode ser apagado com a borracha, como as folhas que caem com o tempo.
As outras se apóiam em coisas até duráveis por um determinado tempo, como no concreto de uma parede, na durabilidade que possui um papel, nas palavras que foram escritas em qualquer lugar, nas coisas que possuem datas de validade longas, mas sabem que vai ter um fim.
Mas as pessoas certas das coisas eternas não se apóiam em lugar algum, nem se firmam em coisas do tipo talvez... Elas são alimentadas das certezas que os sentimentos que não se enganam nos trazem, e dos presentes que foram enviados por DEUS. Tudo que é eterno é porque veio de DEUS.