Padrãozinho na Sociedade.

16 de Novembro de 2017 Bae Pensamentos 43

Apenas mais uma despercebida na sociedade, anda pelas ruas solitárias de São Paulo, todo dia é a mesma coisa, acorda pela manhã, pega o metro lotado, enquanto você está lendo o seu livro de poesia as pessoas ao seu redor sempre vidrado no celular, apesar do metro estar lotado ainda sim é silencioso e solitário, você costumava ser igual a essas pessoas, sempre olhando o feed no Facebook, sempre se importando com quantas curtidas o seu post tem, se importando e sempre lendo os comentários, era apenas isso, checar as curtidas do seu Insta, Facebook ou seja lá o que for, a sua auto-estima era focada em apenas o que os outros pensavam ou falavam sobre você, o corpo era seu mas você não era a dona dele, os outros eram, sempre dizendo que você não poderia usar tal roupa por ser brega demais ou apenas por não estar na moda, a sociedade definia o que era melhor para você, mesmo você não gostando do que eles te falavam para vestir, as pessoas te machucavam dando opiniões não saudáveis pelo seu corpo, suas roupas, o seu jeito, ou a sua maquiagem, até a que ponto nós vamos deixar a sociedade falar o que a gente deve vestir, gostar ou como você deve agir? Você é mais do que um padrãozinho imposto pela sociedade!


Leia também
DE RENOME há 10 horas

DE RENOME De certo, alguém que não eu, N'um lugar que não aqui, Viv...
ricardoc Sonetos 6


EM LARGA MEDIDA há 20 horas

EM LARGA MEDIDA Duvido porque penso, não por cético. Há-que se quest...
ricardoc Sonetos 10


ALJÔFAR há 2 dias

ALJÔFAR Cintila sobre a face embevecida Essa lágrima só de maravilha...
ricardoc Sonetos 8


UM GULOSO CEGO NO CABARÉ há 2 dias

O homem chega no cabaré e a dona do brega oferece: -Tenho uma mulata e um...
reribarretto Humor 41


EM GRUPO há 2 dias

EM GRUPO Ser mais um entre muitos ou não ser? Eu, para bem ou mal, me ...
ricardoc Sonetos 17


CICATRIZES há 3 dias

As lágrimas não mais caiam, Pois já era um outro dia, Mas, ainda exist...
juniorcampos Indrisos 20