Privatizamos o amor!

27 de Junho de 2011 Jonatha Pensamentos 526

Em termos gerais, parece que privatizamos o amor... Ah! E outra! Entregamos o amor nas mãos de quem não ama, e faz dele objeto de compra. Com tudo menos complexo e muito mais monetário o amor parece sofrer uma decadência mesmo que em meio a tanta liberdade onde ele deveria encontrar seu ápice. Pois bem, prefiro entregar o amor nas mãos dos românticos, na luz do luar, no anunciar do crepúsculo de uma noite perfeita. Prefiro sonhar, entregar o amor naqueles que realmente amam, mesmo que não saibam.


Leia também
Sintomático há 2 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 25


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 66


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 15


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 30


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 13