Hoje é o aniversário do meu querido Marcelo Camelo. Não sei porque, mas senti necessidade em publicar algo aqui. Conheci a doce voz do Camelo através do Los Hermanos e de cara me identifiquei, talvez porque as letras que ele compõe, pelo menos pra mim, traduzem os mais bonitos sentimentos que podemos ter, talvez porque eu me identifique com elas, mas principalmente porque é uma forma de dizer o que muitas vezes queremos.Percebo que as suas letras, aliás, seus poemas, vem do coração, é algo diferente, parece que entendemos e acolhemos com todo o carinho, os segredos e confissões mais profundas do nosso querido barbudinho. O engraçado é que mesmo que não tenha parentesco ou amizade com ele, sinto que ele é um grande amigo, mas essa é mais um vínculo muito profundo que ele criou com seus fãs. Esses fãs que sabem suas músicas de cor, e de olhos fechados e coração contrito, choram e cantam com todo o gás e emoção em shows, e até mesmo sozinhos. Por isso, gostaria de deixar os votos mais sinceros de sucesso, saúde e paz. Nunca o conheci, mas acho que se um dia( e espero que esse dia chegue logo) eu vim a conhecê-lo, darei um abraço forte e direi: Obrigada Camelo, por tudo.

Mesmo que você esteja só, será de todos nós.