Se o acaso existe, e creio que não existe,
Por acaso encontrei e sem acaso,
Pois procurei...
Na verdade não se fala;
Não se explica, se cala...
O que digo é que, na verdade, eu não sei, a razão, o porquê,
Mas tinha que escrever, lhe dizer...
Não sei o que...

www.edisomendes.blogspot.com