Fico pensando: e se só bastasse se desligar de tudo o que você não quer e não aceita, será que eu me sentiria mais aliviada?Mais infelizmente, não há de ter uma chave ou um botão de stop, e me dá a continua sensação de que essa insatisfação não tem um fim.Dou mil sorrisos a todos ao meu redor e sangro de chorar por dentro, sem poder dizer o que sinto em relação a tudo o que passei e passo ao longo da minha curta vida.Não consegui manter os que amava ao meu lado e nem tive sabedoria para não magoar quem me queria bem.Não me sinto culpada em pensar em desistir, pois só eu sei o que estou passando fisicamente e psicologicamente.Quero um tempo ou melhor quero não ser mais um problema, a vontade de não acordar mais é sempre o meu desejo.Não sou mais eu, vejo meu reflexo e não sei quem é,  foram me matando aos poucos durante muito tempo e sem chance de reverter para um final feliz.Sempre me senti presa na tal torre esperando por algo ou alguém, esperei tanto que agora não posso mais descer com minhas próprias pernas, me afundando nas lagrimas silenciosas e por minhas atitudes impensadas e infantis deixei você ir e já não existe mais um príncipe que possa me salvar e me trazer de volta a vida.Acho que esse nó que eu sinto é na verdade meu ultimo suspiro que insiste em não findar e segue por uma estrada vazia nessa inércia continua que é meu viver superficial.Ouvir dizer que se um dia foi verdade então será verdade para sempre, pois foi verdade sim e só percebi quando não tinha mais como voltar até você, espero que você tenha todo o amor do mundo e seus sonhos sejam todos realizados, pois eu te amei sim.(Suziany A.Faria)