Nunca devemos nos iludir com breves caminhos coloridos  que nos conduzem aos calabouços das trevas que não se acabam, mas devemos prosseguir no caminho da paciencia, com pedras, sombras e subidas ingremes, desde que esse caminho nos conduza a um eterno amanhecer