Não me preocupo com o crescimento numérico de pessoas que deixaram de acreditar em DEUS, mas sinceramente, eu me preocupo muito com a grande quantidade de pessoas que afirmando crerem em DEUS, vivem como se ELE nunca existisse. Porque nega-lo com sinceridade é um pecado, mas nega-lo com as ações, para contradizer o que se confessa é uma gravidade monstruosa.

Clavio J. Jacinto