Você vem
cavalgando sobre a relva e
Eu aqui
suspirando um apenas um olhar,
Vejo seus cabelos
voando contra o vento
Você já está
intimo demais, estranho
Sua roupa exala
um perfume suave
Que não existe em
nenhum outro lugar
Não pode existir
em nenhum outro lugar...
Quem sabe nem
seja sua roupa
Quem sabe seja
sua pele
Quem sabe...