E no topo a vida é mais difícil, nossos passos são mais curtos, mas a vista vale a pena; basta um pequeno pulo e sei que posso voar! Os únicos limites que conheço são os que eu mesmo criei, por isso resolvi esquecê-los e agora nem sei onde posso chegar, cada dia um novo sonho, cada sonho um novo destino, não sigo as correntezas nem deixo o vento me levar, mas uso cada um desses presentes divinos para não ficar no mesmo lugar…