Ludwise

18 de Fevereiro de 2014 Ludwick Pensamentos 341

Big bang. Em um estalar de
dedos ou que seja um piscar de olhos, tudo estava ao meu redor. Só que para
minha surpresa, tudo não passava de 'nada'.



Talvez
seja um modo ruim, de contar o nascimento de tudo que se pode amar e proteger.
A uma eternidade atrás, só existiam nós, morte e eu, como se sempre
estivéssemos ali, mas nunca nos demos conta da nossa existência. Abrir os olhos
foi tão fácil, e assim levantamos do coma, do coma da inexistência. 



Não
sabíamos o que fazer e muito menos o que pensar, a cada olhar ao redor, era
como se mergulhássemos na escuridão, então morte estava desesperada, e fizemos
um acordo, talvez encontrássemos algo no fundo da parte mais viva do nosso
corpo.



E então
foi assim, eu e morte estávamos pairando sobre a escuridão real, decidimos nós
fundir aos olhos um do outro, e então começou.



-Além
de ver o mundo nós seus olhos eu consigo senti-lo, talvez ele esteja aqui, ao
nosso redor.





Eu não
sabia o que morte queria dizer....






 O meu corpo desperta e a primeira coisa que percebo, são as cobertas em baixo de mim, ordeno meu corpo e ele se senta na cama,é com um susto que percebo que estou respirando, e que vivo em um mundo que gira ao redor do sol, e que possui ar, e me lembro também, que eu sou uma 'pessoa', á tantas definições para pessoa, mas eu sou uma, e pessoas precisam de ar. 'Como eu sou idiota, pra quem estou dizendo estas coisas, -estranha!'. 

Tenho que admitir passo grande parte do meu tempo, pensando coisas, coisas que não sei oque são, e odeio não controlar meu cerebro.


Leia também
Bendito Amor Eterno há 9 horas

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 6


"Vendo" há 11 horas

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 6


"Te amo vinho tinto" há 14 horas

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 7


Gradeados há 14 horas

O céu está logo ali, depois dessa janela enjaulada... Meu amor é qua...
a_j_cardiais Poesias 48


Vida Artística há 14 horas

Não quero viver ao Deus dará... Sei que aqui, em se plantando tudo dá....
a_j_cardiais Poesias 38


"Eu sou boémio" há 14 horas

Eu em criança já era rebelde e um pouco vadio. Usufruía da noite, mesm...
joaodasneves Acrósticos 4