Ninguém nasce sabendo como agir nem onde pisar. Aliás, ninguém nasce sequer sabendo pisar em lugar algum.E até aprender leva tempo. Tempo suficiente pra esquecer o que se estava tentando aprender, ou tempo que nunca será suficiente, equivalente a toda uma vida.É por isso que todo mundo merece uma segunda chance. Uma segunda apresentação. Uma segunda conversa. Outra tentativa.A primeira impressão, embora certa em raras exceções, não deveria ser a que fica. É tão injusto pintar um quadro sobre alguém em segundos, quando este alguém, simpático a você ou não, carrega anos de histórias, mistérios, sorrisos e tristezas. Uma tela é muito rasa. Pessoas são incríveis (para o bem e para o mal) em sua profundidade.Dê uma chance a você mesmo, de ter a oportunidade de resgatar alguém de uma impressão inicial equivocada, ou de ter ao menos certeza que ele (a) não vale a pena. A vida é o seu jogo, onde você cria as suas íntimas regras para quem se propuser a participar. E nunca esqueça que o jogo pode mudar completamente no segundo tempo.