Apenas um desabafo.

18 de Maio de 2014 Nathally Arrighie Pensamentos 2135

Eu tenho andado me sentindo tão só. Talvez seja saudades de alguns amigos ou talvez seja só a solidão mesmo.Eu queria entender o porque ainda me sinto só com tudo isso. Mesmo com tantas pessoas a minha volta, mesmo com tantos amigos. Eu só me sinto só.É um vazio enorme no meu peito, um vazio que não consigo preencher de nenhum jeito. Nem com cigarros, café, musicas, livros ou amor. Esse vazio a cada dia vem tomando conta de mim e me deixando cada vez mais desanimada, cada vez mais sem forças pra viver. Preciso de um novo amor, de novos amigos, de novos sonhos, de novos sorrisos, novos abraços e preciso ainda mais de um novo recomeço. Eu só preciso de tudo isso sem esquecer os velhos, pois sei o quanto dói ser esquecida. A vida pra mim tem sido um grande desafio. Vi o quanto a beleza dói, o quanto o amor machuca, o quanto o mundo é hipócrita e ignorante com as pessoas. Porque quando amamos não somos amados? Porque quando somos bons, somos ignorados e vilipendiados? Esse mundo tem sido a maior loucura de todas esses últimos anos. É claro, lá fora existem milhões de pessoas com desafios, problemas, dores piores que as minhas. Porém me faz ficar pior ainda não poder ajuda-los, se eu pudesse eu dava minha vida por quem luta pela sua. Mas infelizmente não posso. É uma dor tão grande se sentir só e não ter ninguém. Muitos falam ”você tem a mim” mas todos esses muitos somem quando eu mais preciso, quando eu mais me sinto atordoada com isso. Eu sinto saudades de simples acontecimentos, simples ”eu te amo” ditos com um sentimento real, com amor e lealdade. Eu sinto falta de um amor verdadeiro na minha vida. Eu sinto falta de sorrir de verdade, sorrir porque realmente to feliz. Eu sinto falta de sair na rua de mãos dadas ou até abraçada com algum amigo. Eu sinto falta de ficar despreocupada pois não tinha o que esconder.Eu olho pra algumas pessoas na rua e penso ”O que será que eles escondem? Qual será a dor deles? Qual o maior medo? Será que eles são realmente felizes? O que eles são?”As vezes me olho no espelho e vejo como me perdi em apenas um erro, como eu posso ter me afundado tanto na vida? Tenho do bom e do melhor. Melhores roupas, melhores pessoas, melhores celulares, tênis. Mas ainda sou infeliz, é isso. Nem sempre me alegro com coisas materiais e se me alegro, passa rápido. Assim como minha felicidade, sempre passa rápido. Vida inútil. As vezes penso comigo mesmo ”Qual a minha missão na Terra? Qual o objetivo da minha vida?” É tão ruim pensar tudo isso e sentir esse turbilhão de sensação. Eu sei que é apenas mais uma etapa da vida, mas parece que não acaba nunca. Tá virando rotina, tá ficando cansativo. Cada dia mais. Tó ficando cada vez mais mal de espirito, minha alma parece que tá ficando velha e sem validade. O amor deveria ser a cura pra todo esse sofrimento, mas ao contrário disso ele vem sido um dos maiores motivos. Sempre me falaram pra tomar cuidado com o amor, eu nunca acreditei. Afinal sempre achei o amor puro e bonito. Me enganei, hoje acho o amor bonito porém muito doloroso. O amor talvez seja feito só pros loucos ou talvez seja feito só pra’aqueles que tem a coragem de sofrer pela pessoa amada. Eu tive essa coragem e hoje sofro mais do que eu sofria, mas não porque fui deixada mas sim pela saudade. Saudade, um dos piores sentimentos. Saudades é aquele vazio impossível de ser preenchido por algo. Á não ser por aquilo que seja o motivo dela. Qual o motivo da sua saudade? O meu motivo? O meu motivo talvez nem lembre mais de mim ou talvez lembre. Talvez o meu motivo um dia volte pra acabar com essa maldita saudade. A pior lembrança é aquela que um dia foi boa e hoje se torna ruim por ser tão lembrada. O pior sentimento é aquele que nunca existiu, é aquela verdade nua e crua. A pior lágrima é aquela de saudades daquilo que você sabe que nunca vai voltar. Quanto mais tento me esconder da verdade eu me perco, quanto mais tento amenizar tudo isso eu só pioro. Afinal, depois de ter escrito tudo isso… Quem sou eu? Quem é você? Quem são eles? Quem somos nós? O que escondemos? Afinal, o que queremos? Porque sentimentos? Porque sofremos? Porque choramos? Porque amamos? Porque? Porque tanto porque? Talvez seja isso, somos perguntas sem respostas, somos frases sem pontos finais, somos textos sem sentidos.


Leia também
"Minha humilde casinha" há 1 dia

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 15


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 54


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 13


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 14


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 10


Separação há 2 dias

Pensei que separação fosse fácil... Que fosse só deixar seu amor, e ...
a_j_cardiais Poesias 51