Não sei porque me apaixonei... Não sei se foi aquele maldito cabelo rebelde, o sorriso malicioso, o toque que fazia meu corpo formigar sempre que sentia, o olhar que parecia domar a minha mente, ou seu jeito arrogante, egocentrica e frio. Ela tem o poder de controlar minha mente, ela não podia ler meus pensamentos mas também não havia esforço nenhum saber o que estava pensando, quando se trata dela não consigo esconder. Meu olhar dizia tudo mesmo que minha boca permanece-se fechada, seu beijo é macio, excitante, a sua voz é suave e gostosa, e seu abraço me tira todas as dores.