ja nao existe quatro estaçoes
e o tempo deforma os coraçoes
engana o vento
que erra as sementes
e elas nao nascem
outono e folhas pelo chao
arvores nuas e velhas
tudo secou
o mar nos espera
junto com o sal e a sede.