Ela

25 de Junho de 2014 Ariano Poesias 329

Tanta falta de ti, pequena...

Contigo, sou outro muito:

Menos de mim,

Mais do mundo.


Sua companhia aquece

Com as luzes generosas

De um saber ímpar,

Incansável e leal.


Faz-me crer em perfeição

E nos melhores excessos

Nascidos da simplicidade

De um par de números.


Você tanto sabe,

Mas nem imagina:

Resetou minha vida!


Meu amor é

Uma máquina.


Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ANTIFACISTA há menos de 1 hora

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 4


A rua me aceita como sou há 3 horas

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 30


Não seja superficial há 3 horas

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 37


"Dia do amor" há 6 horas

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 12


"Estou triste" há 14 horas

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 13


"Estou cá a matutar" há 14 horas

Esses dias ando meio triste muito confuso, ando a querer isolar-me, f...
joaodasneves Pensamentos 9