Hoje o dia, sorumbático, acordou

Sobrou imprevisibilidade

E entre incertezas

Porejou



Macambúzio, pela noite adentrou

Recheado de inquietação

Dor inexprimível

Ostracizou



Enfastiado, madrugada varou

Clareou em desolação

Difícil acreditar

Atassalhou