SOMBRIO

19 de Agosto de 2011 Abreu Poesias 452

Hoje o dia, sorumbático, acordou

Sobrou imprevisibilidade

E entre incertezas

Porejou



Macambúzio, pela noite adentrou

Recheado de inquietação

Dor inexprimível

Ostracizou



Enfastiado, madrugada varou

Clareou em desolação

Difícil acreditar

Atassalhou

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Domingo,pede carinho… há 4 horas

Os últimos acordes do domingo,mas sempre ao lado de quem amo... Namorada...
anjoeros Poesias 4


"Vou chorar" há 6 horas

A partir de hoje vou chorar todas as noites Agora que te fostes do meu la...
joaodasneves Poesias 7


Honrando o Sumo Sacerdote há 6 horas

Se nos entregarmos à conduta desse sumo sacerdote, se por ele somente nos ...
kuryos Mensagens 6


FRANCO-CANADENSE - Des-História Universal há 7 horas

FRANCO-CANADENSE Desenharam um país de costa à costa À revelia entã...
ricardoc Sonetos 4


FRANCO-CANADENSE - Des-História Universal há 7 horas

FRANCO-CANADENSE Desenharam um país de costa à costa À revelia entã...
ricardoc Sonetos 4


Oração ao Anjo da Guarda… há 8 horas

A fé é algo que aprendemos desde pequenos. Eis a importância de mostrarm...
anjoeros Poesias 5