Lá no alto da colina uma luz que clareia

E no centro da luz dois olhos que a ilumina!

Eles transformam a lenha do coração em fogo que se ateia...

...e queimando de paixão dois gravetos que se amam.