Meu pequeno poema
(de William Adriano)

Tão simples, belo, suave
Contemplações em tardes nubladas
Que me deixam em paz, relaxado

Com coragem pra subir montanhas
Com verdades que derramam versos
Escondidas em linhas desafiadoras

Pra que ele possa sair de dentro de mim
Saia abstrato para o nada, leve e livre
Para o infinito recanto das almas


http://canticospelapaz.blogspot.com/
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.