No silêncio, este grilo...

Olho para o céu:

"Mundo mundo vasto mundo".

As estrelas me chegam

com um atraso 

de milhões de anos luz.

E eu toco a esperá-las...

O que há

entre o céu e a terra?

Hamelet sabe,

Eu, penso.

Os meus olhos combinam

com o meu pensamento.

Então, alimento a minha mente

com o meu olhar.

Tenho pressa, aperto o passo...

Voam movimentos

e as distâncias se diluem.

Mas, tudo é isto:

Drummond, que Bandeira!

Os grilos me tocam

uma canção de ninar.

A.J. Cardiais