A Cidade a Meu Ver

19 de Agosto de 2014 A.J. Cardiais Poesias 209

A cidade olha,
com olhar difuso,
esse povo obtuso
transitando pelas vias
de sua alma...

A cidade esta calma,
e coberta de entulho.
Precisa dar um mergulho
num mar de limpeza.

A cidade da beleza
(brilhante de dia)
tem em sua sinfonia
um solo de pobreza.

A cidade quando ronca,
acorda assustada
sendo vilipendiada
e levando bronca.

A cidade é assim:
próspera e pobre.
De um lado o nobre,
do outro o chinfrim.

A.J. Cardiais
Poema do livro "Anarquia Poética"
https://www.clubedeautores.com.br/book/160719--Anarquia_Poetica?topic=poesia#.U_PpOfnxoQA

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
O PERDÃO DE DEUS há 1 hora

Todos estão afastados de Deus por causa do pecado, Deus sempre buscou u...
denilson Mensagens 7


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO A IGREJA há 1 hora

Habita na igreja como seu templo, É derramado como chuva sobre a igreja...
denilson Mensagens 7


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 2 há 1 hora

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P2 Por Charles H....
kuryos Artigos 7


Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos 1 há 1 hora

As Tribulações dos Santos e os Livramentos Divinos – P1 Por Charles H....
kuryos Artigos 8


A OBRA DO ESPÍRITO SANTO EM RELAÇÃO AO CRISTÃO há 1 hora

Habita em todo verdadeiro cristão e convence o pecador do seu pecado, R...
denilson Mensagens 7


MEMBROS DO REINO DE SATANÁS há 1 hora

As características dos membros do reino de Satanás, Adotam a increduli...
denilson Mensagens 9