Vou insistir...
Não vou deixar você partir,
fugir de mim,
como se eu fosse uma coisa ruim.
Mas para seu espanto
ou para seu encanto
eu não me dei por total...

Talvez tenha sido o meu mal,
reservar-me,
resguardar-me um pouco...
Não ia esperar
que você me amasse tanto,
então reservei-me.

Mas agora amor, acordei.
Desde que eu a vi,
eu me apaixonei.
Só tive medo de não ser correspondido.
Agora que sei que você me ama,
entrego-me totalmente...

Se seu coração diz a verdade,
o meu não mente.
Vamos viver só para este Amor...
Eternamente.

A.J. Cardiais
26.07.2005