Talvez amanhã

02 de Setembro de 2011 William Adriano Poesias 350

Talvez amanhã
(de William Adriano)

Lance fora as regras
Deixe de lado os direitos
Os comentários perfeitos
Que se gastam com os ímpios

Rebobine a fita
Escute sua própria voz
Perceba suas mentiras
Que conta para si mesmo

Desmarque seus compromissos
E haja como se tudo
Fosse um grão de areia
Perdido no mar

Liberte os seus escravos
E se despeça daqueles
Que você poderá não ver
Talvez amanhã

//canticospelapaz.blogspot.com/
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
PLEONÁSTICO n°2 há 3 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 5 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 4


A rua me aceita como sou há 8 horas

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 45


Não seja superficial há 9 horas

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 58


"Dia do amor" há 12 horas

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 12


"Estou triste" há 19 horas

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 13