As flores não nascem em vão...
Elas nascem para poucos,
que as amam de coração.

As flores servem de perdão,
em se tratando de amor...
Elas abrandam o rancor
onde o ciúme é o vilão.

As flores não têm coração
mas se dão
com todo amor.

É por isso que o Poeta
quando está falando de amor,
e precisa de uma rima,
pensa logo nela: A FLOR.

A.J. Cardiais