Intoxica-me com todo prazer....

24 de Agosto de 2014 professor Poesias 293

A Desconhecida


Pudera eu imaginar um dia

Que tanta beleza o destino me traria

Presa em um irreal corpo humano

Pelo qual até Afrodite morreria Veneno que age de imediato

Intoxica-me com todo prazer

Inunda de alegria minha alma

Lava a tristeza do meu ser

Mais forte que o brilho do sol

Mais suave que uma flor ao luar

Em contos e fábulas épicas

Mais bela face não há

Nem mesmo os Românticos Clássicos amantes da perfeição

Poderiam descrever tal figura

A que amo com meu coração!



Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Aqui se chama traição" há 2 horas

Esquece-me, como eu te esqueci De ti, não quero nem ouvir falar Não sei...
joaodasneves Poesias 6


Janela Para o Amor há 10 horas

Abra sua janela para o Amor... Não o amor de um só. O Amor de um sol, ...
a_j_cardiais Poesias 26


Desconstruções há 10 horas

Minha vida muitas vezes fica tão distante dos meus poemas... Quando as c...
a_j_cardiais Poesias 27


"Amiga cadeirante" há 10 horas

Vi alguém que me fez chorar, Enquanto eu passeava a beirinha mar, Ela ar...
joaodasneves Homenagens 10


"A felicidade és tu" há 11 horas

Nada mais bonito Que olhar as estrelas E ver-te a Ti Sentir a brisa da n...
joaodasneves Poesias 9


"Adoraria" há 18 horas

Eu adoraria mesmo era saber! Se realmente não sentes mesmo nada? Se não...
joaodasneves Poesias 9