Tenho minhas pérolas,
e meus aplausos...
Mas, muito mais do que isto,
tenho minhas falhas
e meus rasos
em busca do SER.

Tenho meus costumes,
minha horta...
Tenho uma palavra torta
que rima tudo com prazer.

Tenho um dizer,
que não diz nada.
Uma fórmula rasurada
de buscar o não saber.

A.J. Cardiais
16.04.2011