A Gente Se Vê, na TV

03 de Setembro de 2014 A.J. Cardiais Poesias 240

O que fazer domingo à tarde,
quando a saudade arde
e a dor se faz presente?

Console-se com a gente!
Dizem as emissoras de televisão.
E, com o controle na mão
vou mudando de estação,
sem encontrar nada
que prenda minha atenção...

Só vejo situações
piores que a minha,
com apresentadores dando uma
de “fadas madrinhas”.
Fazendo de tudo
para justificarem suas “graninhas”.

Enquanto o telespectador
sonha em se ver na telinha,
alguém grita de lá afirmando:
a gente se vê na TV!

A.J. Cardiais
30.01.2011

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 3 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 3 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 3 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 13


Fluxo do tempo. há 3 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 16


Sou há 3 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 16


Ame...! há 3 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 13