Estou nadando contra a correnteza de meu destino
Provar que nada está errado
Mesmo que nada esteja certo
Não é o caminho
Nunca foi o caminho
Mas, teimo a prosseguir

Estou nadando contra a própria correnteza
Foi apenas uma barreira
Mesmo superada
Ainda levo comigo

Além, muito além da vida
Aguarda um segredo obscuro
Que procuro a entender
Se é para ser ou se não é para ser
Enquanto espero a resposta
Só me resta a me afogar
Nas profundezas do destino