Amante virtual- erótica

14 de Setembro de 2014 professor Poesias 376

Amante virtual

A figura de meu corpo
minha nudez só tua,
sinto o fogo de teus olhos
que me examinam com calma.

E um éfiro delicado,
que me envolve, me protege,
não impede que teu olhar,
me encha de ardor e desejo;
converta tua vista em tato,
e assim me sintas, me toques.

Semicerrados meus olhos,
descobrindo tua silhueta
adivinham que estás muito pronto
sem estar sequer perto,
entrelaçados os corpos,
desfrutando do sexo
que ansiamos desde muito tempo.

Elevarei minha cintura,
sentirei que me penetras,
tuas mãos acariciando,
já meus ombros, já meus seios,
e mordendo os lábios,
sinto o calor dos teus beijos.

E um vai-e-vem constante
que com palavras de excessos,
faz com que eu me molhe toda,
aperte forte meus dentes
enquanto me escapa um suspiro.

Te digo quanto te amo e
que sem ti já não vivo.


Susana Valenzuela(Tradução Mário Faccioni)

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
O CAMELO QUE DECLAMA NO ZOOLÓGICO DE RECIFE há 4 horas

O poeta quando escreve seu trabalho inspirado faz a narração dos fato...
carlosale Cordel 6


A madrugada… há 14 horas

A madrugada e eu temos um romance a longo prazo… Nos entendemos e nos cu...
anjoeros Poesias 14


Vou tatuar a tua boca... há 14 horas

Quero tatuar na tua boca Meu beijo mais safado, mas também apaixonado, ...
anjoeros Poesias 8


Quero te pegar para mim...Capítulo 3 há 14 horas

Capítulo 3: Eu te quero pra mim e não vou abrir mão... Toco a campain...
anjoeros Prosa Poética 9


Quero te pegar para mim...Capítulo 2 há 14 horas

Capítulo 2: A expectativa mata... Meio dia. Nossa, nem acreditei quando...
anjoeros Prosa Poética 7


Quero te pegar para mim...Capítulo 1 há 14 horas

Capítulo 1: Decisão tomada, arrependimentos posteriores... Mais uma no...
anjoeros Prosa Poética 10