A Morte Não Faz Distinção

14 de Setembro de 2014 A.J. Cardiais Poesias 332

Todo mundo um dia
terá que morrer.
Não adianta valentia,
nem adianta poder.

Não adianta ser famoso
ou ser um Zé Ninguém.
Não adianta ser religioso
ou só praticar o bem...

Não adianta ter dinheiro
ou não ter um vintém.
Pode ser um maloqueiro

Ou um grande doutor...
Ela sempre leva alguém.
Seja a pessoa o que for.

A.J. Cardiais
26/11/2012

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ACONTECIMENTOS há 23 horas

ACONTECIMENTOS Em face das recentes desventuras, Que tenho atravessado...
ricardoc Sonetos 10


Cultivando Observações 2 há 1 dia

Vivo colhendo frutos, que a sociedade não se importa. Minha vida é uma ...
a_j_cardiais Poesias 33


Conflito Interno há 1 dia

Está tudo aí para eu escolher sobre o que escrever... Existe um vazio d...
a_j_cardiais Acrósticos 28


Grito Escandaloso há 1 dia

Tirem o martelo do meu caminho... Meu juízo é perfeito apesar do defeit...
a_j_cardiais Acrósticos 42


Bom dia! há 1 dia

"Um bom dia ajuda a motivar a vida das pessoas e acima de tudo, um bom dia ...
anjoeros Artigos 15


Tudo o que agora me desfaz. há 1 dia

Cheio de um pleno vazio sobrenatural! Uma saudade não tida em outros carn...
elisergio Sonetos 12