Verdade

13 de Setembro de 2011 Gisela Cardoso Poesias 455

Não existe mais ninguém
Não tem mais ninguém aqui
Todos estão mortos
Todos estão livres

Estou sofrendo comigo mesma
Estou repudiando eu mesma
Minhas verdades são mentiras
Não existe verdade para ti
Todas as minhas palavras são mentiras

O tempo é sagrado
Não se pode voltar atrás
Ah! Como eu queria!
Mas, para ti
Eu só iria repetir os mesmos erros.

Se segundo o seu julgamento
As minhas palavras são falsas,
Acredite! Os meus sentimentos
São mais verdadeiros do que
As palavras de qualquer poeta!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Sintomático há 2 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 25


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 66


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 15


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 30


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 13