Tantas dores eu sofro calado.
Sofro por coisas
que outros deixariam passar...
Também vivo coisas
que outros nem ousam imaginar.

Não sei se vivo pior,
não sei se vivo melhor...
Só sei que sigo
e não ligo
para o mundo material...

Sei que sou imortal,
apesar das dores
e dos sofrimentos.

A.J. Cardiais
12/12/2008