Quando a brisa suave tocar meu rosto, deixarei que seque minhas lágrimas
Quando olhar para trás e não mais te ver, também deixarei as lembranças tristes serem levadas junto de você
Quando as ondas do mar apagarem minhas pegadas, desejarei no meu íntimo que se apague tudo o que me consome a alma
E assim um novo caminho, novos passos e recomeçarei do nada
Assim como recomecei tantas e tantas vezes.